Close

Convidados

Elza Lima

Fotógrafa

Elza Lima nasceu em Belém, onde reside até hoje. Fotografa desde 1984, dirigindo o olhar para as tradições culturais e o cotidiano das populações da Amazônia.

Entre seus principais projetos e principais premiações, destacam-se: a bolsa do Kunstmuseum Thurgau, na Suíça, onde residiu em 1995; a bolsa Marc Ferrez (Funarte), com o tema “Rota d’água”, viagem pelo Rio Trombetas, registrando os quilombolas da região; a bolsa Vitae, com “Viagem ao Cuminá”, refazendo, 100 anos depois, a viagem da Cartógrafa Otille Coudreau, primeira mulher a fotografar a Amazônia; o XI Prêmio Funarte Marc Ferrez de fotografia com o projeto que percorreu o Rio Nhamundá com a finalidade de captar imagens de mulheres arrimo de família, e registrar como se preserva a lenda das mulheres guerreiras na memória destas comunidades. Atualmente é fotógrafa da Secretaria Executiva de Cultura do Estado do Pará e desenvolve trabalho de documentação das manifestações culturais na região conhecida como Baixo Amazonas.

Pedro Karp Vasquez

Fotógrafo | historiador

Autor de 26 livros, é formado em Cinema pela Université de la Sorbonne, mestre em Ciência da Arte pela Universidade Federal Fluminense. Como administrador cultural, foi responsável pela criação do Instituto Nacional da Fotografia da Funarte, assim como do Departamento de Fotografia, Vídeo & Novas Tecnologias do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; tendo sido também diretor do Solar do Jambeiro, em Niterói.

Daniel Sosa

CdF

Uruguaio nascido em 1971, Daniel Sosa é fotógrafo e um dos criadores do Centro de Fotografia em Montevideu. Atua como diretor desde 2002 nesta instituição pública, referência internacional na preservação e difusão da fotografia na América Latina. O CdF organiza o Festival Internacional de Fotografia “MUFF” e produz um programa semanal de televisão, f/22, cujo foco é a reflexão e promoção da fotografia. Em 2017, parte do acervo de fotografias históricas que o CdF conserva se transformou em Monumento Histórico Uruguaio.

Sergio Burgi

Instituto Moreira Salles

Nascido em São Paulo (1958), é formado em ciências sociais pela USP (1981). É mestre em conservação fotográfica (Master of Fine Arts in Photography e Associate in Photographic Science) pela School of Photographic Arts and Sciences, Rochester Institute of Technology, EUA (1984). Foi coordenador do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica (CCPF, Funarte, 1984-1991). Membro do Grupo de Preservação Fotográfica do Comitê de Conservação do Conselho Internacional de Museus (Icom), desde 1999 coordena a área de fotografia do Instituto Moreira Salles (IMS), principal instituição voltada para a guarda e preservação de acervos fotográficos no Brasil.

Ratão Diniz

Fotógrafo

Fotógrafo formado pela Escola de Fotógrafos Populares e até o ano de 2014 foi integrante da agência Imagens do Povo, fundada pelo fotodocumentarista João Roberto Ripper. Com seu olhar diferenciado, Ratão realiza um trabalho permanente de documentação das favelas do Rio de Janeiro, que se estende às periferias de todo o Brasil, com ênfase em festas populares, no povo que vive no interior desse Brasil e no movimento graffiti, movido pelo desejo de revelar imagens que traduzam a beleza e a resistência desses espaços afetivos. Autor do livro: Em Foto (Mórula Editorial, 2014: Rio de Janeiro).

Já participou de inúmeras mostras fotográficas no Brasil e no exterior. Entre elas SER CARIOCA (2015) – | NÓS (2015) | UGA, UGA, HÁ HÁ – Da Lama ao Bloco (2013/2014) | Travessias 2 – Arte Contemporânea na Maré (2013) | Rio Occupation London (Londres/UK) | “Ginga da Vida” (Paris/FRA)

Mayra Fonseca

Brasis.vc

Especialista em diversidade cultural e linguagens, é comunicóloga com mestrado em antropologia e etnografia pela Universidad de Barcelona, Espanha. Professora, curadora e consultora, é fundadora do Brasis, um projeto de educação, central de conteúdos e rede de pesquisas sobre culturas e cotidianos do Brasil. Idealizadora e coordenadora geral de Os Brasis em SP, uma residência cultural e artística que reuniu 25 criativos e 4 mestres de cultura e culminou em exposição multimídia. Mayra atualmente faz parte da equipe de pesquisa dos projetos Brechas Urbanas Itinerantes, Itaú Cultural, e Híbridos dos cineastas Vincent Moon e Priscila Telmon.

Lucas Lara

Museu da Pessoa

É formado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP) e Mestre em História Social pela mesma instituição. Possui experiência nas áreas de História Oral, Acervo Multimídia e Museologia, tendo atuado no Acervo Histórico da Discoteca Oneyda Alvarenga (Centro Cultural São Paulo) e no Museu da Imagem e do Som (MIS-SP). Atualmente é coordenador do Programa Conte Sua História do Museu da Pessoa.

Jorge Quintão

Imaginário Coletivo

Jorge Quintão é formado em Engenharia Industrial Mecânica, pós-graduado em Linguagem e Tecnologia e mestre em Estudos de Linguagens. Como empreendedor social e fotógrafo documentarista idealizou o Imaginário Coletivo, um projeto que desenvolve ações que utilizam a imagem como vetor para promoção da inclusão social, através da fotografia e das artes visuais, na formação de crianças e adolescentes, moradores de áreas de baixos Índices de Desenvolvimento Humano, sujeitos a risco social.

Nara Grossi

Arquiteta

Graduada pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (EAUFMG) em 2001 e mestre pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) em 2013. É professora de design de interiores do Istituto Europeo de Design (IED). Em 2017 lançou, pela editora Monolito, livro sobre a obra do arquiteto mineiro Humberto Serpa

André Melo Mendes

UFMG

Professor Adjunto do Departamento de Comunicação Social da UFMG e Diretor Adjunto do Espaço do Conhecimento UFMG. Doutor em Literatura Comparada e autor do livro Mapas de Arlindo Daibert: Diálogos Entre Imagens e Textos. Atualmente, realiza pesquisas na área de fotografia e fotojornalismo.

Gustavo Penna

Arquiteto

Formado pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gustavo Penna é sócio e fundador do escritório GPA&A / da Academia de Escolas de Arquitetura e Urbanismo de Língua Portuguesa (AEAULP) / Membro do Conselho Curador da Fundação Oscar Niemeyer e da Fundação Dom Cabral.

Vencedor de prêmios internacionais, como o World Architecture Festival (WAF) e o Architizer A+Awards, é autor de projetos como Expominas (Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais), Monumento à Liberdade de Imprensa e o novo edifício-sede do Ministério Público do Trabalho (ambos em Brasília), Memorial da Imigração Japonesa, na Pampulha, os Museus de Congonhas (patrimônio cultural da humanidade), Santana e Regina Mundi, o novo Estádio do Mineirão, a Escola Guignard (considerada uma das 30 obras mais relevantes da arquitetura no Brasil) dentre outros expostos no Brasil e no exterior.

Com 04 livros publicados, seus trabalhos estão nos principais sites, revistas e livros de arquitetura e design do mundo, como: ArchDaily, Abitare, Architecture Now, Le Mounter Architecture Mars, Architectural Digest, Enlace, Monocle, Architectural Record, Wallpaper, SUMMA +, entre outras.

Erro 99

Erro 99

Formado por artistas visuais, jornalistas e produtores culturais, o coletivo Erro99 surge no universo da fotografia e do audiovisual com o intuito de criar e executar atividades interativas e formativas, que proporcionem maior inclusão e participação do público nesse ambiente. Mesclando a linguagem da fotografia clássica com a linguagem digital contemporânea, o coletivo busca expandir o entendimento sobre o que é e qual a função da fotografia em nosso tempo.

Após circular pelos festivais Mesa7/Recife, Foto em Pauta Tiradentes, Paraty em Foco, Hercule Florence/Campinas, Fotógrafos em Ouro Preto, Semana da Fotografia de BH, Comunhão Artística Cemitério do Peixe/MG, Virada Cultural de BH e de realizar os festival Erro99 e Lab99, o coletivo adquiriu reconhecimento como uma das iniciativas mais inovadoras do circuito brasileiro da fotografia autoral contemporânea.

Duelo de Rimagem

MCs de rap são convidados a fazer rimas improvisadas sobre fotos selecionadas pelo Erro99 que são projetadas aleatoriamente, ao ritmo de trilhas e beats controladas por DJs convidados.